//codigo adicionado a pedido de Popcorn metrics

25 de julho de 2012

Doce de pêssego

Os pêssegos trazidos do fim-de-semana no solar beirão estavam demasiado maduros. Antes que se estragassem mais alguns, ontem foi dia de fazer doce com eles.
O doce é uma forma simples e prática de conservar fruta. Basta pesar a fruta já descascada e descaroçada, pesar igual quantidade de açúcar e levar a cozinhar em lume forte. Embora a quantidade de açúcar possa parecer excessiva, é ele que garante a conservação do doce.


Ingredientes:

1 kg de pêssegos
1 kg de açúcar


Preparação:

1. Descascar os pêssegos e separar a polpa do caroço.
2. Pesar a polpa do pêssego e colocar numa panela grande de fundo grosso.
3. Pesar igual quantidade de açúcar e despejar na panela.
4. Colocar a panela em lume médio até o açúcar se dissolver por completo.
5. Aumentar o lume para forte e deixar ferver, mexendo de vez em quando para que o doce não queime. Quando começa a ferver muito, a mistura sobe rapidamente pela panela e forma uma espuma, com pequenas bolhas.
6. Quando as bolhas ficarem maiores e "rebentarem", devemos começar a verificar o ponto.
7. Quando estiver pronto, sem deixar arrefecer, o doce deve ser colocado em frascos de vidro esterilizados até quase encher. Colocar de imediato a tampa e deixar arrefecer com o frasco invertido. Isto vai criar um vácuo dentro do frasco e contribuir para uma maior duração do doce.



Algumas notas:

A. Para testar o ponto de cozedura, coloca-se um pires no frigorífico para arrefecer. Quando frio, coloca-se uma colher de chá de doce no pires e deixa-se arrefecer. Empurre o doce para um dos lados com um dedo. Está no ponto se o doce enrugar e o dedo ficar marcado no pires. Enquanto se faz o teste, retira-se a panela do lume.
B. Se o doce não está no ponto é porque ainda não cozeu o suficiente, ou porque a fruta tem pouca pectina (substância de quantidade variável na fruta que permite a gelificação quando se faz doce ou compota). É necessário levar novamente ao lume.
C. Se o doce ficar sem sabor, baço e duro, cozeu demais.
D. Se ganhar bolor, esterilize melhor os frascos, tape-os enquanto ainda quentes e não guarde em locais húmidos.
E. Se fermentar, a fruta não cozeu o suficiente, tem pouco açúcar ou foi guardado num local quente.

Sem comentários:

Enviar um comentário