//codigo adicionado a pedido de Popcorn metrics

3 de novembro de 2014

Broinhas dos Santos


Nesta altura do ano algo indefinida, entre o fim das férias de Verão e o Natal, entre os doces leves e frescos próprios das épocas mais quentes e os doces ricos e pesados do final do ano, sinto-me sempre atraído pelas castanhas e frutos secos e pelos bolos secos, como as broas.
Em Portugal a tradição das broas parece dominar nas zona do Ribatejo e do Alentejo, assente em receitas de tradição local ou familiar. E talvez por isso as receitas disponíveis sejam tão poucas, sobretudo quando comparadas com as receitas de biscoitos e bolachas. Ainda recentemente pedi a receita de umas broas de frutos secos, após ter provado uma oferecida. E a resposta foi a habitual neste tipo de receita, "é feito a olho, não há receita nem medidas".
A receita que trago aqui hoje foi adaptada de um livro que resulta de um encontro entre três amigas e a vontade de preservar e divulgar a tradição gastronómica local. O livro é "Marvão: à mesa com a tradição".



Ingredientes
250 gr. de farinha
125 gr. de farinha de milho
125 gr. de açúcar amarelo
1/2 colher de chá de canela
1/2 colher de chá de erva doce
1/2 colher de chá de noz moscada
1/2 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de mel
1,25 dl. de azeite suave
2 colheres de sopa de vinho generoso
2 ovos

1 gema
50 gr. de amêndoa sem casca inteira

Preparação
1. Aquecer o forno a 180.ºC e preparar dois tabuleiros.
2. Misturar todos os ingredientes numa tigela e amassar até a massa se apresentar ligada.
3. Tender broinhas sobre o comprido e espetar uma amêndoa em cada uma. Pincelar com o ovo  batido.
4. Levar ao forno durante cerca de 15 de minutos.

Rende cerca de 30 broinhas
Demora cerca de 45 minutos

Sem comentários:

Enviar um comentário