//codigo adicionado a pedido de Popcorn metrics

27 de agosto de 2012

Longe do mar também há sal

Conhecem as salinas de Rio Maior?! Eu não conhecia e quando lá cheguei fiquei com pena de ter esperado tanto tempo para lá ir.
As salinas e a aldeia dos produtores ficam a 2 km de Rio Maior. Uma secção do rio, pavimentada com cimento e integralmente propriedade privada, sendo 90% dos produtores membros da cooperativa local, produz anualmente 2000 toneladas de sal e permite a exportação para a Alemanha e Aústria.
Uma mina de sal gema, extensa e profunda, atravessada por uma corrente subterrânea, alimenta um poço de onde se extrai água, sete vezes mais salgada que a do Oceano Atlântico. A partir de um litro de água é possível extrair 220 gr. de sal. Num passado recente, a maioria dos produtores de sal era agricultor, que se dedicava sazonalmente (de Maio a Setembro) à produção de sal.



Nas casas típicas de madeira que ladeiam as salinas é possível comprar sal da cooperativa ou directamente aos produtores. Entre os produtos disponíveis destacam-se os queijos de sal. O sal ainda húmido é moldado, posto a secar ao sol e posteriormente vai a cozer ao forno. Dizem os locais que este sal é ideal para levar à mesa e usar como se fosse um saleiro de sal fino.


Não resisti e trouxe sal puro para temperar os alimentos (1 kg a 0,50€), um queijo de sal (3,00 €) e uma mistura de sal e temperos ideal para carnes (4,00 €). Vou experimentar e depois conto como correu.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.